Tânia: atriz, leal, questionadora, sincera, irônica, exigente, fácil, radical, sensível, dura, intensa, controladora, generosa, egoísta, protetora, desapegada, aberta, ermitã, sensata e aventureira. "Sou todas em Uma" BEM VINDOS!


24 de fev de 2010

MEXERAM NO MEU QUEIJO!


Faz alguns meses li o livro de título acima.
A obra de Spencer Johnson fala sobre “MUDANÇAS” Trata-se de dois ratinhos e dois homens que viviam no mesmo labirinto.
Alimentavam-se apenas de queijo e, como haviam encontrado um quarto repleto dessa iguaria, foram felizes... ...até a comida desaparecer misteriosamente.
Enfatiza que todo ser humano - mesmo sentindo medo de mudar - possui dentro de si a capacidade necessária para vencer tal desafio e que cada pessoa é responsável por suas escolhas, sucessos e fracassos.
(Fontes de internet)
Falando parece fácil, hahaha “E o que isto tem a ver comigo?” É a reação na maioria das pessoas!
Na minha humilde opiniãozinha (perdão por tê-la sem haver consultado ninguém e além de tudo falar nisso) penso que, se estamos “acostumados” com algo, isso gera segurança, estabilidade, e certeza de que, se quisermos ou precisarmos do queijo, ele vai estar ali.

Ao alcance da nossa mão ou da nossa necessidade.
E na incapacidade de ir pegar o queijo,algum do grupo vai trazer o queijo.
E aí começam os comentários...
“O que deu em fulano pra mudar isso E ainda por cima sem me perguntar?!” “Sicrano não precisava mudar o queijo de lugar; estava bom pra todo mundo!” “Como ele fez isso sem consultar ninguém? Afinal o queijo é de todos...” “Fulano pirou; perdeu o juízo e vai quebrar a cara” ...(Parece praga!).

O que leva um bem sucedido gerente de banco que trabalha há 15 anos vender tudo e ir montar uma barraca de cachorro quente em Maceió?
O que leva o filho perfeito que fazia engenharia querer mudar pra “artes”?
O que leva uma dona de casa já com os filhos criados, (a quem não falta nada) buscar um trabalho no qual vai estar depé 8 horas?

Poderia citar muitas razões; desejo de bem estar interior, insatisfação com a própria rotina limitante da vida, cansaço de ser o curinga de todos, e a mais absurda de todas...- busca de “FELICIDADE”?!

Ora bolas!
O queijo está bem ali e bom pra todos, e aí aparece algum idiota querendo provocar mudanças que podem (e vão) afetar a vida de todos.
É, uma mudança na vida de uma pessoa pode provocar a insatisfação de muita gente e quando alguém resolve “mexer no queijo da gente”, isso nos tira da “zona de conforto”.
Chato, não? Que ousadia!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá!
Por favor sinta-se livre para comentar!