Tânia: atriz, leal, questionadora, sincera, irônica, exigente, fácil, radical, sensível, dura, intensa, controladora, generosa, egoísta, protetora, desapegada, aberta, ermitã, sensata e aventureira. "Sou todas em Uma" BEM VINDOS!


10 de jul de 2010

"NÃO DEU CERTO"...

Quando um homem e uma mulher se casam ou vão morar junto, óbvio que pensam na possibilidade (muito ruim) do: “pode não dar certo”. Mas o que todo mundo quer, é que dê MUITO certo e que possam ser felizes pro resto da vida. Certo? Ok, até aí estamos de acordo, beleza... Se a “sociedade” não funcionar e decidirem se separar, bye-bye e cada um segue seu rumo. Se puderem e quiserem ficar amigos, bacana. Do contrário, reza-se pra nunca mais se enxergar a cara da/o infeliz, desgraçado, cretino, filho da puta, galinha, mentirosa, salafrária, etc... Vale pra homem e mulher!... E pode falar mal à vontade! MAS se dessa união nasceram filhos, OPA!... A conversa é (MUITO) diferente e acho que algumas atitudes deveriam ser também óbvias, como: 1 - Não falar mal do/a EX pros filhos. 2 – É responsabilidade de ambos os pais proporcionar aos filhos: instrução, saúde, carinho, cultura geral e ética. 3 – Querem brigar? UHUUUU...Aluguem um ringue e partam aos tapas e xingamentos. Os piores que a mente, as mãos e a boca forem capazes de produzir!... LONGE DOS FILHOS ! Pais: VOCÊS dois VÃO TER QUE CONVIVER (de alguma forma) pro resto de vossas vidas... E o que VOCÊS sentem um a respeito do outro, não importa nem um pouco. BALELAS...Tô me lixando. O mundo está se lixando... Ou deveria! Como não interessa “quem deixou de amar quem”. Não importa quem decidiu se mandar. Ninguém é obrigado a amar alguém pro resto da vida, mesmo jurando no altar: isto é medieval e utópico!... As pessoas mudam, assim como os “gostares”. O objetivo maior é que as crianças saiam dessa com a cabeça em ordem: é a isso que me refiro no item 2 acima. Isto é a maior responsabilidade que vocês dois têm; o resto é só isso: “resto”. A menos que o papai esteja em cana por assassinato, estupro ou sequestro, deixa o teu filho/a achar que o pai é “O HERÓI”, mesmo que seja um babaca... A mãe aprontou pra caramba? Te concentra em dizer pro teu filho/a o que de bom ela fez por ele/a. Crianças PRECISAM pensar o melhor de seus pais, precisam pensar neles como pessoas bacanas, Vai ser bom pra cabeça dele/a, crescer saudável de corpo e mente!!! NÃO TE CAI A FICHA?! Deixa de ser egoísta e mesquinho/a, de pensar pequeno e te concentra em terminar “tua obra” criando uma criança com seus plenos direitos de achar que seus pais são pessoas bacanas e que a cria que vocês fizeram tenha uma “cuca legal”! Pode ser ou teu sentimentozinho de vingança é mais importante? Perdão pelo desabafo, mas ontem ouvi uma mãe falando mal do pai da criança na frente da criança... Não me contive e tive que mandá-la calar a boca. Tive que explicar porque... (pode?!) Sabe o que a jumenta da mãe me respondeu? - “Tá distraída com a boneca, nem tá ouvindo”... Vai te catar, ignorante! Vê se CRESCE... Ou amanhã, quando teu filho/a se tornar um revoltado/a, não chora! Nem vale botar a culpa só "no outro".

2 comentários:

  1. Fez um belo desabafo. Os primeiros heróis das crianças são os pais, se desrespeitar um deles, os filhos também serão desrespeitados.
    Jefhcardoso do http://jefhcardoso.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Jefh, disseste tudo:
    "os primeiros heróis das crianças são os pais"...

    Parabéns pela lucidez!
    Abração e obrigada por me entender!

    ResponderExcluir

Olá!
Por favor sinta-se livre para comentar!