Tânia: atriz, leal, questionadora, sincera, irônica, exigente, fácil, radical, sensível, dura, intensa, controladora, generosa, egoísta, protetora, desapegada, aberta, ermitã, sensata e aventureira. "Sou todas em Uma" BEM VINDOS!


7 de jan de 2013

DESISTIR


Ninguém gosta de desistir. Só a palavra já dói.
Nos ensinaram desde pequenos que “não devemos desistir”, então achamos que fazer isso (não quero repetir a palavra, ok? O texto é meu e escrevo o que quero) é sinônimo de fracassar... Ninguém gosta de fracassar.

Bem vindo ao time dos que só querem se dar bem! Não sei por que usei esse termo, odeio “se dar bem”.

Mas quem de nós já não jogou um maldito jogo de paciência?
E quem já não desistiu porque viu que o jogo não ia dar certo, mesmo depois de repetir o mesmo jogo umas dez vezes?
Quem de nós já não desistiu de estacionar numa vaga menor que o carro? Ah, para, confessa, pensa bem; já te aconteceu...

Quem de nós já não desistiu de entrar naquela calça que nunca mais vai servir porque engordou... Inevitavelmente?
De tentar conquistar o cara (ou a mulher) dos seus sonhos?
Isso acontece nas melhores famílias e com as melhores pessoas (quem é melhor que quem?)

Então chega um dia que por mais que queiramos algo devemos reconhecer que é chegada a hora de desistir. Só a palavra já dói. Sentar, jogar paciência ou se jogar na cama e chorar, às vezes é a única e última opção.

Mas na hora de fazer isso, de reconhecer o fracasso, e pode vir misturado com um mar de lágrimas, que nos reste um último alívio: poder bater no peito e dizer: TENTEI... Tentei de tudo!

Só assim não ficaremos com o gosto amargo, e azedo da própria incapacidade. Porque nem tudo depende de nós.

Ah, pois é: esqueceram de nos ensinar essa parte quando éramos pequenos... Algumas coisas só se aprendem na dor das tentativas.
E só então, de alma lavada, estaremos prontos pra outras empreitadas.

Tentar de novo, tentar diferente, tentar outra coisa...
Algo vai dar certo!

Tânia Cavalheiro


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá!
Por favor sinta-se livre para comentar!